terça-feira, 21 de junho de 2016

ANTON YELCHIN NOS DEIXOU PRECOCEMENTE


Anton Yelchin nos deixou na madrugada da sábado para domingo, aos 27 anos, vítima de um acidente automobilístico inusitado. De acordo com o site TMZ, o ator foi prensado pelo próprio carro contra a sua casa, na região metropolitana de Los Angeles (EUA) - a residência está localizada em uma ladeira acentuada.


Yelchin nasceu em 11 de março de 1989 em Leningrado, antiga União Soviética – hoje São Petersburgo -, tendo se mudado para os EUA com apenas seis meses de idade. O primeiro trabalho de sua carreira foi em ER – Plantão Médico. Além de Star Trek, outros papéis de destaque incluem O Exterminador do Futuro: A Salvação, onde viveu Kyle Reese;

O ator construiu uma carreira breve, mas cheia de bons trabalhos

6 filmes para conhecer melhor quem foi Anton Yelchin:

O papel mais conhecido de Yelchin é Pavel Chekov, um dos tripulantes da Enterprise, a nave de Star Trek, em três filmes. Em ‘Sem Fronteiras’, a nova aventura da franquia, que estreia em julho, ele reprisa o papel.


Em ‘Alpha Dog’ (2006), primeiro filme em que foi notado na carreira, Yelchin viveu um jovem sequestrado por traficantes de drogas, filho de Sharon Stone, que acaba se tornando amigo dos criminosos. A história é inspirada em um caso verídico.

No romance indie ‘Loucamente Apaixonados (2011) o ator fez par com Felicity Jones (de ‘A Teoria de Tudo’). Juntos, eles formaram um casal que tentava manter a relação, mesmo após a garota, originária da Inglaterra, ter problemas com seu visto e não poder ficar mais nos Estados Unidos.

Também dublou o divertido Desastrado (ou Clumsy, na versão original)  em ‘Os Smurfs’ (2011) e ‘Os Smurfs 2’ (2013).

Em ‘A Hora do Espanto’ (2011), remake do original de 1985, ele fez o jovem protagonista desconfiado de que seu vizinho (Colin Farell) é um vampiro.

E ainda teve outro filme de vampiros no currículo, o sensacional e cult ‘Amantes Eternos’ (2013). Ele fez o melhor amigo do protagonista (Tom Hiddleston), e acaba se envolvendo com a irmã deste, o que traz consequências fatais.



2 comentários:

  1. Perda lamentável, num acidente aparentemente bizarro.

    Abraço

    ResponderExcluir