terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A COMÉDIA DIVINA E HEAVY METAL DO SENHOR


Sempre gostei da música Heavy Metal do Senhor de Zeca Baleiro e fiz questão de assistir no cinema o filme A comédia divina, antes que saísse de cartaz, já que infelizmente foi muito criticado e só fez 43 mil espectadores. Uma pena. Mas eu indico, o diabo volta a Terra e decide abrir uma igreja para tentar roubar ou fiéis a Deus. O filme é baseado em um conto de Machado de Assis e tem como protagonistas Murilo Rosa e Mônica Iozzi e em papel bem diferente dos dramas do passado, Débora Duboc, que inclusive já tinha participado de Cabra Cega e Latitude Zero, do mesmo Toni Venturi, que também se aventura nas comédia. Arrisque!

Heavy Metal do Senhor
Zeca Baleiro

O cara mais underground
Que eu conheço é o diabo
Que no inferno toca cover
Das canções celestiais
Com sua banda formada
Só por anjos decaídos
A platéia pega fogo
Quando rolam os festivais...

Enquanto isso Deus brinca
De gangorra no playground
Do céu com santos
Que já foram homens de pecado
De repente os santos falam
"Toca Deus um som maneiro"
E Deus fala
"Agüenta vou rolar
Um som pesado"

A banda cover do diabo
Acho que já tá por fora
O mercado tá de olho
É no som que Deus criou
Com trombetas distorcidas
E harpas envenenadas
Mundo inteiro vai pirar
Com o heavy metal do Senhor...

O cara mais underground
Que eu conheço é o diabo
Que no inferno toca cover
Das canções celestiais
Com sua banda formada
Só por anjos decaídos
A platéia pega fogo
Quando rolam os festivais...

Enquanto isso Deus brinca
De gangorra no playground
Do céu com santos
Que já foram homens de pecado
De repente os santos falam
"Toca Deus um som maneiro"
E Deus fala
"Agüenta vou rolar
Um som pesado"


A banda cover do diabo
Acho que já tá por fora
O mercado tá de olho
É no som que Deus criou
Com trombetas distorcidas
E harpas envenenadas

Mundo inteiro vai pirar
Com o heavy metal do Senhor
Mundo inteiro vai pirar
Com o heavy metal do Senhor
Mundo inteiro vai pirar
Com o heavy metal do Senhor
Heavy metal do Senhor
Do Senhor! Do Senhor!

Um comentário: