sexta-feira, 22 de outubro de 2010

AS ESTRELAS DO CINEMA PORNÔ DOS ANOS 80

ARYADNE DE LIMA

Aos 14 anos iniciou carreira de modelo e com o sucesso logo estreou no cinema em “O inseto do amor” (1980), mas ficou mais conhecida quando entrou para a gênero explícito em “Coisas Eróticas 2” (1983), participando ainda de “Erótica – A fêmea sensual” (1983), “O círculo do prazer” (1984), “Penetrações profundas” (1984), “Sexo em grupo” (1984), “Sexo proibido” (1984), “Taras eróticas” (1984) e “A luta pelo sexo” (1984). Nesse mesmo ano, abandonou o cinema, se tornou empresária no ramo dos chocolates e se filiou à Seita Rosa Cruz.

ELIANA GABARRON

Formou com Walter Gabarron, o casal mais famoso do gênero, atuando quase sempre com ele. Teve uma carreira de muitos títulos (44) em apenas 06 anos como atriz. Estreou nas pornochanchadas em “Com mulher é bem melhor” (1978), mas só retornaria ao cinema com o explícito “Tudo dentro” (1984). Depois disso não parou mais, fazendo 10 filmes só nesse ano, com destaque para “Sedentas de sexo”. Nos anos seguintes participou (entre outros) de “Viagem além do prazer” (1985), “A mansão do sexo explícito” (1985), “Masculino... até certo ponto” (1986), “Devassa e ordinária” (1988), “A vida íntima de uma estrela de TV” (1989) e “Cleópatra – Sua arma era o sexo” (1990). Abandonou o cinema nessa época e o marido em 1997, se tornando testemunha de Jeová.

SANDRA MORELLI

Chamou atenção do público pela voz aguda e estridente e pela “saga” dos filmes de cavalos, que fez com Ronaldo Amaral. O sexo com os animais era sempre simulado (ainda bem). Estreou em “Sexo a cavalo” (1985) e fez depois “Seduzida por um cavalo” (1986), “Meu marido, meu cavalo” (1986), “Loucas por cavalos” (1986), “A garota do cavalo” (1986), “Júlia e os pôneis” (1987). Participou ainda de “Tentações (1985), “Orgia familiar” (1986), “Bonecas do amor” (1988) e do francês “Ingênuas alternadoras”.

SANDRA MIDORI

De descendência japonesa, fez bastante sucesso em uma carreira que durou apenas 04 anos, começando com “Sexo dos anormais” (1984), “Sexo livre” (1985), “Sem vaselina” (1985), “Hospital da corrupção e dos prazeres” (1985), “Amante profissional” (1985), “Caiu de boca” (1986) e “Dr. Frank na clínica das taras” (1987).


Continua...

5 comentários:

  1. E aí, parceiro, tudo bem!

    Maravilha! Já estou seguindo seu blog. À noite, adiciono-o na minha lista de "outras Ebulições", ok?

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. muito fera relembrar essas gostosas, valeu!!!!

    ResponderExcluir
  3. O que aconteceu com a sandra morelli depois que se aposentou??

    ResponderExcluir
  4. adoro estes filmes...

    thayseluyanne@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. gos
    taria de adquirir o filme; sexo dos anormais como consegui-lo?

    ResponderExcluir