terça-feira, 24 de agosto de 2010

QUINCAS BERRO D'ÁGUA (Em DVD) *


A Rede Globo produziu em 1978, o caso especial “A morte e a morte de Quincas Berro D’água”, dirigido por Walter Avancini e baseado no livro curto de Jorge Amado. O especial tinha no elenco: Paulo Gracindo (como o morto), Stênio Garcia, Flávio Migliacchio, Dina Sfat e Ana Maria Magalhães. Assisti à reprise desse especial em 1995 e achei engraçadinho. Dizem que essa história até serviu de base para o filme “Um morto muito louco” (1989) e comparando os dois, realmente as histórias são muito parecidas.

Agora o diretor Sérgio Machado (Cidade Baixa) resolveu adaptar essa história para o cinema, mas o enredo é simples (ao se aposentar, um funcionário público troca a vida familiar pela convivência com prostitutas, bêbados, jogadores e pequenos golpistas de Salvador. Quando ele morre, os amigos resolvem levá-lo para um último passeio) e não consegue se sustentar por 100 minutos. Talvez o especial fosse bom porque não passava de 50 minutos. Quando acompanhava a bilheteria desse filme nos cinemas fiquei me perguntando porque uma história tão popular não conseguia atrair o público, mas a resposta é simples, é porque o filme é chato mesmo. Enquanto assistia, fiquei torcendo o tempo todo para que acabasse logo, já que não costumo parar de assistir no meio.

Paulo José vive o protagonista, sem dar mostras de sua doença; Marieta Severo é a prostituta e amante de Quincas, falando num espanhol macarrônico (se é que essa expressão existe) e não muito convincente; Mariana Ximenes é a filha que tem vergonha do pai; Vladimir Brichta é seu marido engomadinho; Flávio Bauraqui é um de seus amigos de farra; e ainda há participações especiais de Milton Gonçalves (como um delegado); Othon Bastos (o dono do bar); Walderez de Barros (a sogra), mas nem um grande elenco consegue salvar um filme ruim.

4 comentários:

  1. O Caso especial de 1978 pelo seu lado é BOM!!!

    ResponderExcluir
  2. O filme antigo é muuuuiiiiitooo bom!Mil vezes melhor que este lançado há pouco.Procurei pra download mais acho que nunca mais verei este filme.Retrata a bahia dos anos 70/80 que deixa um saudosismo mesmo pra quem é carioca.E retrata o livro muito bem.FANTÁSTICO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=NqzNb6nOKnE

      Excluir
  3. Sempre que se faz uma segunda filmagem nunca fica tão bom quanto a primeira.
    Concordo com o Jean.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir