sexta-feira, 29 de julho de 2011

MALUCA PAIXÃO


Hoje 8h50 no Telecine Pipoca



Resolvi ir contra a maré e falar bem do filme Maluca Paixão com Sandra Bullock que foi indicado e ganhou vários prêmios Framboesa de Ouro, inclusive de pior atriz e pior filme.


A personagem de Sandra Bullock (Mary Horowitz) é mesmo uma chata de galocha, daquelas quase insuportáveis de ficar perto na vida real. E esse fato foi um dos mais criticados no filme. Ela cria palavras cruzadas para um jornal local e por isso, fala o tempo inteiro, inclusive sozinha, tornando-se intolerável.


Seus pais marcam um encontro às escuras pra ela com Steve (Bradley Cooper), um jornalista/câmera de TV. Quando ele percebe que ela parece uma louca, dá um jeito de cair fora logo, mas como ela se apaixona, fica correndo atrás dele pelos Estados Unidos, achando que ele também a quer.

 
O filme melhora substancialmente quando ela cai em buraco e tem a possibilidade de salvar uma criança muda que tinha ficado perdida durante um desmoronamento. Nesse momento, Mary percebe o quanto é querida, pois as pessoas se juntam para torcer pela sua salvação, inclusive Steve se arrepende de ter a desprezado e o público também entende sua solidão e seu jeito diferente de ser.


Numa fala final ela explica que os criadores de palavras cruzadas tentam preencher o vazio que sentem com palavras e cruzadas e ela tentou preencher o vazio que sentia com Steve, mas que não resolveu pois ela tinha que ter procurado alguém "normal" como ela, pois nem todas as pessoas aceitam muito bem quem é dirente. E ainda dá um conselho: "Se você ama alguém, deixe-o livre, pois se tiver que ficar correndo atrás, é porque não era pra ficarem juntos".

 
Um elogio aos diferentes, inteligentes e até chatos, mas no fundo ótimas pessoas. Conheça!

8 comentários:

  1. É divertido, com alguns momentos realmente hilários, mas não passa de mais uma comédia estereotipada e terrivelmente clichê. Sandra Bullock, pelo menos, está muito bem.

    http://cinelupinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adoro a Sandra Bullock. Algumas pessoas tiveram a desfaçatez de dizer que me pareço com ela, o que achei absurdamente insano. Os oftalmologistas devem estar sem clientela. Mas, enfim...

    Não vi esse filme.Na verdade, não gosto nada de comédias românticas, mas essas comedias, com a Sandra Bullock sempre acaba sendo engraçado. Por causa dela, que sabe ser engraçada sem ser patética.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Correção: "sempre acabam sendo engraçadas". Desculpe.

    ResponderExcluir
  5. Gosto da sandra, mas aqui ela estar patetica.

    ResponderExcluir
  6. Amo a Sandra, mas ela tá chaaaata!

    ResponderExcluir
  7. este filme é cheio de simbolismo, quando ela 'MERGULHA" no buraco e encontra uma garota "muda" não é por acaso, é onde ela realmente se encontra com ela mesma e descobre quem é e se aceita.....enfim um filme que tem psicologia! gostei

    ResponderExcluir