quinta-feira, 4 de agosto de 2011

MORRE ÍTALO ROSSI


Morreu na terça-feira passada aos 80 anos, o ator Ítalo Rossi. Estava internado há dois dias no Hospital Copa d’Or com complicações respiratórias.

Ítalo Ballo Di Fratti Coppola Rossi, nasceu em Botucatu (SP) em 19/01/1931. iniciou carreira no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) em 1956 e já em sua primeira peça A casa de chá do luar de agosto recebeu o prêmio de ator revelação pela Associação Brasileira dos Críticos Teatrais (ABCT). Em 1959 fundou com Fernanda Montenegro, Fernando Torres e Sérgio Brito, o Teatro dos Sete, no qual atuou com exclusivamente por seis anos, até o fechamento da companhia. No total participou de 400 espetáculos.

Em 59 anos de carreira, Ítalo participou também de inúmeros filmes, começando com Uma vida para dois (1953) e prosseguindo com O homem dos papagaios (1953), O pão que o diabo amassou (1957), Society em Baby-Doll (1965), Paraíba – Vida e morte de um bandido (1966), O bravo guerreiro (1969), Noite sem homem (1976), República dos assassinos (1979), Doida demais (1989), A grande noitada (1997) e Sexo com amor? (2008).



Na televisão participou de dezenas de novelas de sucesso como Bravo! (1975), Escrava Isaura (1976), Brilhante (1981), Transas e caretas (1984), Olho no olho (1993), Senhora do destino (2005) e Belíssima (2006). Seu último trabalho na TV fez grande sucesso entre o público. No seriado Toma lá, dá cá (2008 – 2009), Ítalo viveu o engraçado personagem Seu Ladir que imortalizou o bordão “Foi mara”. A carreira de Ítalo Rossi também foi mara.


3 comentários:

  1. Era um grande ator, muito carismático.

    ResponderExcluir
  2. O teatro e a TV deixam de contar com mais um grande talento.

    ResponderExcluir
  3. Não aos poucos nem lentemente, mas com frequencia e muito rapidamente vamos perdendo nossos melhores valores no cinema, TV e teatro.
    Enfim é o triste, mas real, retrato da vida.
    jurandir_lima@bol.com.br

    ResponderExcluir